sexta-feira, 10 de outubro de 2008

PEDIU PRA SAIR - Sérgio Caetano: 'Não continuo. Tem muitas coisas erradas aí'

Comércio da Franca, Sexta-feira, 10 de outubro de 2008


Fernando Machado
Free-lance para o Comércio


Acabou oficialmente ontem a tarde a trajetória do técnico Sérgio Caetano no comando da Francana. O treinador anunciou à reportagem do Comércio da Franca que por uma decisão pessoal, que teria sido tomada após a partida contra o Rio Claro, onde a Francana perdeu por 6 a 2 e foi eliminada da Copa Paulista de Futebol, que não continuará no comando do clube da Rua Simão Caleiro. ''Não continuo. Foi uma decisão minha. Tem muitas coisas erradas aí (na Francana) e eu prefiro seguir o meu caminho'', disse o ex-técnico esmeraldino.

Vários fatores influenciaram Sérgio Caetano a pedir demissão. Os salários atrasados, a falta de estrutura do clube e a divergência com três diretores são alguns deles. O treinador preferiu não revelar o nome dos diretores com os quais se desentendeu. ''Onde passei não levei mágoas de ninguém. Mas aí tem alguns diretores, que prefiro nem comentar'', contou Caetano. Ele não deverá retornar a Franca nem mesmo para receber o salários atrasados. ''Vou esperar depositarem na minha conta o que é de direito'', finalizou.

A diretoria da Francana diverge sobre a saída de Sérgio Caetano. O diretor de futebol Maurício Machado concedeu entrevista ao site da Federação Paulista de Futebol afirmando que: "O trabalho dele (do Sérgio Caetano) até que não foi ruim, mas realmente o clube não tem condições de bancar seus salários", justificando a saída do técnico. Já em entrevista ao Comércio, Telmo Barbosa, diretor de futebol da Veterana, contradisse o colega. ''A situação da comissão técnica será discutida na semana que vem'', contou.

Pouco depois, Sérgio Caetano revelou seus planos. Ele disse ter comunicado sua posição ao presidente da Francana José Servino Braga. ''Comuniquei o Braga. Achei melhor tomar essa decisão e vou seguir a minha vida. Vou ligar hoje (ontem) à noite para o Roberto (vice-presidente) porque ele foi o primeiro a me procurar'', disse Caetano. A reportagem tentou falar com José Braga, mas não teve sucesso.

A comissão técnica, composta pelo preparador físico Júlio Rodrigues, o treinador de goleiros Libaia e o auxiliar técnico Gesiel Pasiani, também não deverá continuar no clube. ''São ótimos profissionais, dei o aval deles para virem trabalhar na Francana. Continuar ou não será uma decisão deles mas acho que eles também vão sair'', contou Caetano. O ex-técnico esmeraldino acredita que o grupo de jogadores também não deve ser mantido. ''Dos jogadores que estão na Francana hoje acho que nenhum fica. Só se não tiver nenhuma proposta'', afirmou.

Sérgio Caetano já recebeu convites de outras equipes, mas não descartou a possibilidade de, no futuro, voltar a comandar a Veterana. ''Estou estudando algumas propostas. Não vou continuar na Francana hoje, mas posso voltar daqui uns dois ou três anos. Mas tem que mudar muita coisa'', comentou.

Nos três meses em que dirigiu a Francana, Sérgio Caetano obteve apenas 38,1% de aproveitamento. Foram quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas em 14 partidas disputadas.

Um comentário:

Nognas disse...

Pow, o blog parou? Tenho acessado todos os dias, e nada de novos posts! Acorda aí galera!

Abraço