terça-feira, 28 de agosto de 2007

Segunda vitória seguida e bom futebol: Portuguesa Santista 0x1 Francana

A Francana foi até a baixada santista neste domingo, e voltou com muito o que comemorar na bagagem.
A vitória sobre a então invicta Portuguesa Santista, a Briosa, ajudou a embolar ainda mais a disputa da Copa Energil C, garantindo emoção a todas as rodadas.
O jogo, morníssimo no primeiro tempo, modificou-se muito na segunda etapa.
Tanto a Veterana quanto a Briosa criaram oportunidades de gol.
A Francana, jogando no 3-6-1, criava algumas jogas, sobretudo em contra-ataques.
O empate já seria um grande resultado, mas o time queria mais.

Saul: do céu ao inferno
Numa jogada de bola parada a bola foi cruzada na área, na cabeça do zagueiro Saul, que voltou ao time: Francana 1x0.
Pouco tempo depois o mesmo Saul foi protagonista de um lance que poderia lhe tirar o brilho da partida, pois empurrou um jogador da Briosa na área, e o juiz marcou pênalti.
Na cobrança, Dida, espetacularmente, defendeu. O time criou mais algumas oportunidades, mas no final do jogo foi só segurar o resultado e assegurar a segunda vitória seguida da Veterana.

Os nomes do jogo: Saul, Dida e Wantuil, que ao final do jogo cobrou mais apoio à Veterana (em relação ao fim do repassa que a Liga Amadora de Futebol fazia à Francana, com 15 mil reais mensais vindos da prefeitura). Também cobrou maior presença da torcida, que realmente deixa muito a desejar.
É hora da torcida comparecer ao estádio e apoiar o time, ao invés de ficar vaiando desde o primeiro tempo.Como diz nosso hino:
"Vencedores ou vencidos, seremos sempre leais / de todos mui queridos, não temeremos nossos rivais!"

Parece que gradualmente o time realmente se entrosa, e promete muito ainda. Desde o gol, com o Dida dando segurança atrás, até a boa zaga, alé das laterais. O meio campo, às vezes embola, mas parece que é questão de tempo até o time afinar a viola e jogar cada vez melhor. Atenção para os jogadores Paulinho, Daivid, Césa, Joel, Dida e o velho conhecido, Crison. Se continuar nesse ritmo, parece que realmente teremos o que comemorar no ano que vem!

Domingo, todos ao Lanchão, às 11h, contra o Flamengo de Guarulhos. No sábado, um aperitivo: o Botafogo de Ribeirão Preto, às 15h.

Ficha Técnica: Portuguesa Santista 0 x 1 Francana

Local: Estádio Ulrico Mursa, em Santos
Data: 26 de Agosto de 2008, domingo
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Alex Sander de Rosa Lefeu
Cartões amarelos: Dida, Paulinho e Marcelo Ramos (Francana); Juá (Portuguesa Santista)
Gol: Saul aos 9 minutos do segundo tempo.

FRANCANA: Dida; Rodrigão (Saul), Tiago e Vinicius; Geovane, Marcelo Ramos, Gustavo, Paulinho (Leonardo), Deivid (Da Silva) e Edivânio; Flávio.
Técnico: Wantuil Rodrigues

PORTUGUESA SANTISTA: Kiko; Val Baiano (Lucas), Alcir, Diogo Augusto e Cris; Diogo Lopes, Juá, Danilo (Wendell) e Flávio (Daniel Santos); Edson Souza e Kléber.
Técnico: Paulo Sérgio

2 comentários:

Alexandre disse...

Dá-lhe Francana!

Que bela vitória!!!

Ouvi apenas o primeiro tempo no rádio, pois estava viajando e não pude mais ouvir depois de certo tempo de viagem...

Mas pelo visto a Feiticeira jogou como tinha que jogar mesmo, e não temeu a ainda invícta Briosa.

Nosso time realmente está crescendo na competição, e o grupo parece cada vez mais unido: isso é muito bom.

Nosso goleiro então, nem se fala.
Dois penaltis defendidos nessa Copa já!

bruno disse...

Concordo com tudo que disse o Tito disse no Post, em especial com uma coisa que já havíamos comentado anteriormente: A Francana precisa de ritmo e tranqüilidade para conseguir o entrosamento necessário às vitórias!! A grande prova disso é que, o lado esquerdo do time, que foi a grande arma ofensiva mesmo nas derrotas não funcionou muito bem!! Com a ausência de Joel e Lico, Paulinho caiu bastante fazendo com que o time apenas defendesse por aquele lado! Tomara que o show dado pelo trio contra a Inter se repita contra o Flamengo!!

A propósito, é exatamente sobre esse TOMARA que quero falar. Uma coisa extremamente desconfortável e PERIGOSA vem acontecendo na Veterana, e se trata da pressão desumana e infundada sobre alguns jogadores por parte da imprensa, em detrimento de PRATAS DA CASA!!! Os jogadores Joel e Paulinho vêm sendo pressionados de forma surreal durante as transmissões dos jogos pela radio, tendo que ficar acima do impecável, já que qualquer erro é motivo de tempestade!! Enquanto isso, jogadores que "brigam" pela posição, são ovacionados por pouco ou nada!!! Isso é extremamente INSTABILIZANTE e pode provocar queda de rendimento do grupo! Como bem disse o Tito, precisamos de ritmo e entrosamento e não de instabilidade!! Os jogadores supracitados têm apenas 20 anos e podem gerar bons dividendos a Veterana caso negociados futuramente, o que torna ainda mais irracional esse boicote bairrista por parte da imprensa!!!
No futebol globalizado, nenhum time do mundo consegue ser vitorioso apenas com a prata da casa! Concordo em valorizar a prata da casa em detrimento de "veteranos estrangeiros", mas em detrimento de jovens promessas (ou melhor, realidades) é no mínimo, imbecil!!