segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Grêmio Osasco 1 x 2 Francana - Vira, Vira, Virou!

Osasco, SP, 31 (AFI) - O Grêmio Osasco começou bem a partida, mas não suportou a pressão e no segundo tempo acabou levando a virada da Francana, que venceu o jogo por 2 a 1. A partida foi realizada na tarde deste sábado, no Estádio Prof. José Liberati, em Osasco, válida pela primeira rodada do Campeonato Paulista da Série A3. Com a vitória a Francana assumiu a liderança do Paulista, com três pontos e o resultado foi ainda melhor pela vitória ter saido fora de casa. Já o Grêmio Osasco é o lanterna e terá que se reabilitar na próxima rodada fora de casa, contra o Nacional.

Partida morna
Com uma boa pré-temporada, Grêmio Osasco e Francana começaram a partida alternando nas chances de gols. Os dois times chegavam com bastante periogo ao gol do adversário e o primeiro gol da Série A3 não demorou a sair. O meia Geninho, aos 15 minutos, fez uma bela jogada individual e arriscou um chute forte de fora da área, fazendo um belo gol e levando a tordia do GEO ao delírio. A Francana não criou muitas oportunidades de gol, com muitos chutões para frente, Cleiton Carreira tinha que se virar da forma que desse para criar as oportunidades para a Veterana.

Visita Ilustre
Na torcira do Grêmio Osasco, uma das presenças ilustres era o prefeito da cidade, Emídio de Souza. Reeleito, o torcedor apostou na vitória do time e comparou o GEO ao Barueri. "O Grêmio teve uma ascensão muita rápida, se mantivermos um trabalho sério, como foi na cidade vizinha, podemos ter um futuro bom com o futebol da cidade".

Virada!
A etapa final começou com tudo e logo aos cinco minutos a Francana empatou o jogo. Após cobrança de falta, o zagueiro Rodrigo completou para o fundo das redes, igualando o marcador. Com maior volume de jogo na etapa final, a Francana chegou a virada aos 18 minutos do segundo tempo. O meia Elivelton arriscou de fora da área e acertou um belo chute, fazendo um golaço.

Levando mais perigo ao gol, a Francana chegou mais perto de ampliar o marcador aos 32 minutos com Cleiton Carreira, que após cruzamento subiu mais alto que todo mundo e cabeciou tirando tinta da trave. Buscando o resultado, o GEO foi para cima da Francana e aos 43 quase empatou com Caio. O atacante recebeu livre e bateu para o gol, bem posicionado Pitareli fez uma boa defesa. No último lance do jogo, Tuti conseguiu empatar a partida, mas o árbitro anulou o gol, alegando que o atacante colocou a mão na bola.

Próximos Jogos
O Grêmio Osasco volta aos gramados no próximo sábado, em São Paulo, contra o Nacional, às 16 horas. Já a Veterana faz o clássico regional contra o Batatais, domingo, às 10 horas da manhã, em Franca.

Ficha Técnica
Grêmio Osasco 1 x 2 Francana
Local: Estádio Pref. José Liberatti, em Osasco
Árbitro: Luciano da Silva Lalucce
Cartões Amarelos: Flávio e Tuti (Grêmio Osasco); Rodrigo, Leonardo e Lucas (Francana).
Gols: Geninho aos 15'/1T (Grêmio Osasco); Rodrigo aos 5'/2T e Elivélton aos 18'/2T (Francana)

Grêmio Osasco: Leandro; Duca, Carlão, Flavio e Bruno; Hudson (Edinho), Caio, Jordan e Geninho (Moisés); João Paulo (Rogerinho) e Tuti.
Técnico: Eduardo Clara

Francana: Pitarelli; Oliveira, Rodrigo e Luís Gustavo; Filipe, Leonardo (Lucas), Alex (Cesar), Régis (Washington), Elivélton e Reivan; Cleiton Carreta.
Técnico: Edson Boaro

Fonte: Dermânio Ribeiro-Osasco-SP (Agência Futebol Interior)

Um comentário:

Nognas disse...

Fui a Osasco acompanhar a Veterana: que bela vitória!
Melhor coisa começar com uma vitória fora de casa uma competição assim.

Eu não achei que a Francana jogou tão mal assim não; claro que o time não fez uma grande partida, mas jogamos bem sim, dentro das limitações impostas pelo início de temporada.
Pra mim o que fez a diferença foi o preparo fisíco dos jogadores da Francana: no segundo tempo os caras do Osasco não estavam conseguindo acompanhar a Feiticeira, isso compensou o pouco entrosamento dos nossos jogadores.

Eu não gosto de esquemas com 3 zagueiros, mas tenho que reconhecer que a nossa zaga foi muito bem, principalmente o nº 5 Rodrigo (o butina amarela), que não perdeu uma bola dividida sequer!
Outro destaque pra mim foi o atacante Carreta, que correu a partida inteira (por isso no fim do jogo ele já não estava aguentando mais), e fez o pivô de uma forma perfeita! O cara é forte, e não é qualquer zagueiro que aguenta marcar ele não, acho que esse cara ainda vai ser muito útil ao longo do campeonato.

O ponto negativo pra mim foi o lateral direito, que eu nem sei o nome, mas é muito fraco: não se posiciona bem, e quando recebe a bola não sabe o que fazer.
Ainda bem que agora chegou o Índio, e o problema tá resolvido.
Além, é claro, da falta de entrosamento. Mas isso vem com o tempo.

Elivélton

Pra mim ele é um capítulo à parte: como joga bola esse cara!
Não tem como negar que ele é disparado o melhor jogador da A3. Jogaria fácil em qualquer time do interior da A1, até.

Pra quem reclamou do salário dele, agora já começou a engolir: cobrou a falta que originou o primeiro gol, e fez o segundo.
É, ele é bem caro mesmo...hahahahaha

Ah, é Elivélton!